segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Vinte de setembro - 20 de Setembro ...

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Vinte de setembro
 20 de Setembro 
Acordei no planalto 
Pra celebrar o asfalto 
Lá em Passo Fundo


Notei um lindo  
Cavalo afamado, o melhor do mundo 
Encheu-me de conforto com a sua família


200 cavaleiros 
De prontidão lhe dei 
Com ele suspirei 
Na data farroupilha


Alegre Teresinha 
Montou um lindo baile 
Ligeiro como um raio 
Eu, ela e o patrão


O povo aplaudindo 
Os dois lados da rua 
História nua e crua 
Heróis da revolução


Alegre Teresinha 
Montou um lindo baile 
Ligeiro como um raio 
Eu, ela e o patrão


O povo aplaudindo 
Os dois lados da rua 
História nua e crua 
Heróis da revolução


O meu Pingo bordado 
Ia mascando o freio 
Num curto galopeio 
Eu puxava a frente


Sentindo no meu corpo 
Sangue farroupilha 
E um dia na coxilha 

Revolução Farrapo 
Dos heróis de outrora 
Representada agora 
Pela mocidade


Graças aos heróis 
De antigamente 
Que hoje toda a gente 
Goza a liberdade


Alegre Teresinha 

Representou em vídeo 
Nossa mulher gaúcha


Na Guerra dos Farrapos 
No livro da história 
Foi a maior vitória 
Na espada e na garrucha


Alegre Teresinha 

Representou em vídeo 
Nossa mulher gaúcha


Na Guerra dos Farrapos 
No livro da história 
Foi a maior vitória 
Na espada e na garrucha


Ao meio-dia em ponto 
O desfile acabou 
O patrão gritou 
Chega pro Galpão


Tem churrasco gordo 
E eu puxei 
Comi carne de vaca 
E tomei chimarrão


Depois veio a sanfona 
E o Pedro Ribeiro 
Compadre, companheiro 
Grande repentista


Cruzamos as idéia 
Num laço de trova 
Fizemos gente nova 
Derrubar a crista


Depois caiu a noite 
E eu falei pra Mary 
A vida é um série 
Tudo tem seu momento


A prova de um desfile 
Tá na capa do disco 
A foto marca o risco 
Desse acontecimento


Mais músicas de Teixeirinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem-vindo tchê!